Qualquer obra, mesmo que pontual de reforma ou adaptação de um ambiente, demanda planejamento para evitar que existam intervenções desnecessárias. Ao instalar ar-condicionado em casa, no escritório ou outro ambiente, se organizar com antecedência é o primeiro passo e melhor caminho para bons resultados. 

Tenho que quebrar a parede? Vai fazer muita bagunça? Quanto tempo leva? Estas são apenas algumas das dúvidas que você pode ter nesse processo. Contar com auxílio de profissionais especializados que possam orientar e executar o serviço de instalação do sistema de climatização vai ajudar a dimensionar qual o tamanho da obra necessária. 

Descubra como é a obra para instalar ar-condicionado e estas orientações antes de realizar qualquer intervenção no ambiente. 

Pré-instalação 

A pré-instalação de ar-condicionado é a fase na qual será dimensionada a capacidade térmica, ou potência, do aparelho para a necessidade de climatização do espaço. Contar com a consultoria de um profissional especializado em ar-condicionado nesse momento é fundamental para escolher o modelo de aparelho. 

Também nesta etapa da obra, serão avaliadas as dimensões do espaço, a planta do imóvel e as demandas para instalação. Pode ser necessário já fazer alguma intervenção para adaptar o espaço, como quebrar parede, puxar a fiação elétrica, acoplar o dreno para o esgoto, etc. 

Materiais 

Além dos materiais de alvenaria e para acabamento, caso seja necessário fazer uma obra maior, existem outros que serão necessários como cabos elétricos, caixas de passagem, conectores e adaptadores para fios e tubulações, mangueiras, suporte para o aparelho, dentre outros.  

Quais materiais serão utilizados para instalação são indicados pelo profissional responsável, e pode ser necessário contratar também um pedreiro e pintor para o caso de reformas, por exemplo. 

Tubulações 

São instaladas, no mínimo, duas unidades integradas que formam o sistema de climatização e isso pode variar de acordo com cada projeto: a condensadora, que vai externa ao ambiente, e a evaporadora, o aparelho em si que fica interno. Para o funcionamento adequado, além das ligações entre elas, será necessário dedicar tubulações específicas para os fios elétricos e para o dreno de água. 

Para realizar a instalação do sistema de climatização, será necessário contar com um instalador qualificado. Normalmente os fabricantes tem uma lista de instaladores credenciados em seus sites. Nesse sentido, ao escolher o técnico de ar-condicionado, é importante verificar a certificação e garantias fornecidas do mesmo para realização do serviço, além de tirar todas as dúvidas com antecedência. 

Mão de obra 

Para realizar a instalação do sistema de climatização, será necessário contar com um instalador qualificado. Nesse sentido, ao escolher o técnico de ar-condicionado, é importante verificar a certificação e garantias fornecidas do mesmo para realização do serviço, além de tirar todas as dúvidas com antecedência. 

O tempo da instalação varia de acordo com a complexidade do sistema. Se forem instaladas apenas uma unidade interna (evaporadora) e uma externa (condensadora), por exemplo, pode levar de 3 a 4 horas para finalização, incluindo os testes de funcionamento. Contudo, é importante consultar o instalador sobre esse ponto. 

Teste 

Por fim, com os equipamentos devidamente instalados, o responsável fará testes para verificar se o ar-condicionado está funcionando. Esse momento é essencial para garantir que não existam vazamentos do fluido refrigerante ou riscos de curto circuito que podem impactar no consumo de energia e também causar acidentes.