Um ponto de consideração quando se está buscando instalar ar-condicionado, principalmente em ambientes residenciais, é como conciliar o aparelho com a decoração do ambiente. Esse objetivo pode ser conquistado já na escolha de modelo de ar-condicionado, justamente ao optar pelo cassete.  

Esse tipo de aparelho é instalado no teto, que já é um ponto bem mais discreto do que nas paredes. Isto pode ocorrer tanto dentro de um forro, como também de forma aparente. 

Quando o intuito é fazer um design de interiores mais trabalhado, o cassete é uma ótima pedida desde que se observe os cuidados que a decoração deve ter. Neste artigo, indicamos as vantagens de optar por esse modelo de evaporadora e também dicas para fazer a decoração sem prejudicar a climatização de ambientes. 

Diferenciais da evaporadora cassete 

O cassete se destaca por ser mais discreto que o modelo high wall, por exemplo, que tem o formato de caixote e fica no alto de paredes. A saída de ar do cassete fica bem rente ao teto, ou ao forro dele, tendo formato quadrado ou retangular e aletas paralelas para direcionar o ar pelo ambiente. Eles podem ser de uma, duas ou quatro vias.  

Nem todos os cassetes são iguais quando falamos do modelo de quatro vias. Um diferencial do ar-condicionado do tipo cassete Round Flow, exclusividade da Daikin, é que ele não tem pontos cegos, de forma que o ar climatizado vai circular por todo o ambiente. Ele pode ser um aparelho split, que tem a unidade interna separada da externa, ou do tipo VRV. 

Instalação de ar-condicionado cassete 

Para uma instalação correta do modelo cassete, o ideal é já colocar o aparelho durante as primeiras obras e reformas de um ambiente. Se não for o caso, será necessário tirar o forro de gesso do teto para fazer a instalação do aparelho e sua tubulação, para então finalizar com um novo forro na altura adequada, compatível a saída do ar.  

A instalação elétrica, que no caso da linha Sky Air Daikin é feita pela unidade externa, deve seguir atentamente as instruções do manual de instalação. Para garantir a eficiência do produto e também a segurança da parte elétrica do edifício, verifique que há a necessidade de um cabeamento elétrico exclusivo, que deve atender as especificações de consumo do equipamento. 

Depois de instalado, o gesso dá o toque final e a iluminação pode ser elaborada e posicionada para disfarçar a presença do ar-condicionado ou apenas deixá-lo mais discreto. 

Dicas para a decoração do ambiente 

O aparelho cassete já instalado fica muito discreto, principalmente em forros brancos. Sua decoração pode ocupar todo o ambiente desde que não cubra a saída do ar ou bloqueie as aletas de ventilação. Existem ainda opções de painéis coloridos.  

Não pendure nada nessas abas do aparelho, pois elas podem soltar ou quebrar com o mau uso. Cuidados também com os lustres em formato de pêndulo, já que a ventilação pode movimentá-los caso estejam muito próximos. 

Se quiser melhorar o isolamento térmico do ambiente sem perder o conforto, utilize cortinas pesadas e tapetes. Da mesma forma que com qualquer modelo de ar-condicionado, feche janelas e portas ao utilizar o aparelho. 

Existem ainda, opções de instalação sem colocar forro no ambiente, deixando o com um aspecto mais industrial, ideal para ser usado em um loft mais descolado, por exemplo. O equipamento ficaria exposto, complementando a decoração do teto.  

Por fim, o ar-condicionado cassete representa um impacto mínimo no visual do ambiente, seja residencial ou comercial. Se quiser ver esse aparelho e entender como ele funciona, conheça o SkyAir Cassete da Daikin.