Se engana quem pensa que o ar-condicionado só tem utilidade no calor. Embora esse possa ser o caso, e também o maior objetivo de quem procura e instala esses aparelhos, existe o ar-condicionado quente e frio para garantir o conforto térmico mesmo durante o inverno.

A função quente e frio, também conhecida como ciclo reverso, é o que possibilita que um mesmo aparelho possa fazer o controle de temperatura tanto para resfriar como para aquecer um ambiente.

Para contar com o ciclo reverso, o aparelho tem alguns diferenciais em seus componentes internos. Existem também cuidados específicos para utilizar esse aparelho e tirar o melhor proveito dele. 

Neste artigo, listamos alguns motivos e fatores que você pode – e deve – analisar quando estiver considerando o ar-condicionado quente e frio para sua residência ou empresa. Confira a seguir.

Utilidade durante o ano todo

Embora o Brasil seja um país tropical, regiões mais ao sul estão suscetíveis a invernos longos e secos. O hábito de contar com calefação em casa é bastante raro, de modo que os períodos frios podem ser bastante incômodos para a população até mesmo dentro de casa. 

Com o ar-condicionado com função reversa, o aparelho tem utilidade durante todo o ano, seja para resfriar, ventilar ou aquecer o ambiente. Um único aparelho, logo uma única instalação elétrica, vai entregar exatamente o que você precisar em cada estação do ano. 

Praticidade

Para uma casa ou mesmo para uma loja, por exemplo, o conforto térmico é indispensável para o bem-estar das pessoas que estão ali. Isso pode ser o ponto crítico para garantir que um cliente vai estar confortável para ver seus produtos, permanecer no ambiente e efetivamente comprar com você.

Ter a opção de aquecer ou resfriar o ambiente em um único aparelho é muito mais prático do que contar com um aparelho para cada função desejada, pois assim você também tem uma economia e otimização do seu espaço, ao contrário dos ventiladores em torre ou aquecedores elétricos que precisam ficar no chão.

Custo-benefício

Ao fazer a instalação correta do seu ar-condicionado, certificando-se também de comprar aparelhos modernos e mais econômicos, seu sistema de climatização vai representar uma economia muito maior comparada ao uso de aquecedores elétricos. No ciclo reverso, fazendo o aquecimento do ambiente, o aparelho de ar-condicionado ainda preserva suas funções, como a utilização da tecnologia inverter, que economiza e ainda evita os picos de energia. O compressor inverter ainda é mais silencioso e garante uma maior durabilidade do aparelho de ar-condicionado, justamente por não forçar seus componentes e equilibrar a temperatura desejada.

Cuidados gerais e específicos

O ar-condicionado pode ser as vezes considerado como um investimento alto, mas muito compensador. Para aproveitar todos seus benefícios, é essencial cuidar da forma correta. Como em qualquer outro aparelho, é recomendado passar por limpezas com o técnico e fazer as manutenções preventivas. 

De 15 em 15 dias, pelo menos, é importante fazer a limpeza dos filtros da evaporadora (unidade interna), o que é possível e extremamente recomendado nos modelos hi wall. Na função quente ou fria, o aparelho ainda faz a filtragem do ar do ambiente, por isso os filtros vão acumular poeira, pelos, poluição e até pequenos insetos. Limpar vai garantir a “pureza” do ar refrigerado (ou aquecido).

Escolher o ar-condicionado quente e frio é uma opção viável em muitas situações, principalmente ao avaliar os pontos citados aqui. Se quiser conhecer mais sobre a limpeza do ar-condicionado e outros pontos importantes para cuidar do seu, baixe o nosso ebook Guia de cuidados com o aparelho de ar-condicionado.