O ar-condicionado é um aparelho necessário para a climatização e ventilação correta de ambientes residenciais, comerciais e até industriais. Quem convive nestes ambientes pode ter muitas dúvidas sobre a eficiência do aparelho, necessidades para o melhor funcionamento, possíveis problemas e outros temas.

Um ponto de dúvida muito comum é se o ar-condicionado faz mal à saúde. Este é um dos mitos mais populares sobre o ar-condicionado, relacionado principalmente aos casos de pessoas que já convivem com doenças respiratórias crônicas.

O ar-condicionado, quando bem instalado, regulado e dentro dos parâmetros de limpeza, não faz mal para a saúde. A temperatura e o fluxo de ar devem ser bem distribuídos para não afetar áreas ou pessoas em específico.

As dúvidas sobre o tema não acabam por aí. Confira agora mais alguns mitos e verdades sobre o ar-condicionado.

O ar-condicionado gasta muita energia

É mito. É importante pesquisar antes de comprar, buscando sempre equipamentos com classificação A no INMETRO e tecnologia inverter. Além disso, com o dimensionamento correto de capacidade, o equipamento não fica nem subdimensionado e nem superdimensionado para o ambiente, ocasionando possíveis aumentos no consumo de energia. Outro ponto importante é a necessidade de fazer uma boa regulagem da temperatura e também o controle do ambiente climatizado, fechando portas e janelas para que o aparelho de ar-condicionado não fique sobrecarregado.

Ar-condicionado causa alergias

Mito. O ar-condicionado não é especificamente um agente alérgeno. Como as alergias, a exemplo da rinite, são agravadas com mudanças de temperatura e com a presença de outros agentes no ar (poeira, pelos de animais), o aparelho de ar-condicionado não é o responsável por desencadear quadros alérgicos.

É necessário fazer limpezas e manutenção periódica

Verdade. As limpezas de filtros, partes internas e externas são importantes para remover poeira, líquidos e outros agentes que podem prejudicar o funcionamento do aparelho. Já as manutenções preventivas devem ser feitas periodicamente, dependendo do tipo de aparelho instalado e do ambiente, para checar todas instalações, tubulações, encontrar possíveis reparos e melhorias, etc.

O aparelho faz muito barulho

Mito. Talvez esta dúvida esteja ligada aos aparelhos mais antigos, como os de janela, que realmente fazem barulho quando estão ligados. Aparelhos mais novos como os que possuem a tecnologia Inverter possuem elementos que diminuem os ruídos tanto na unidade evaporadora (interna) como na condensadora (externa). Um ar-condicionado fazendo muito barulho, inclusive, é indicativo de aparelho sobrecarregado e que precisa de uma verificação.

A temperatura interfere no consumo elétrico

Verdade. Forçar uma temperatura mais baixa reflete em um maior consumo de eletricidade, principalmente nos dias mais quentes. O ideal é encontrar um equilíbrio na temperatura (casa dos 23ºC) para que o ambiente se mantenha refrigerado sem sobrecarregar a instalação e a eletricidade.

Ar-condicionado faz mal?

Mito. Muitos pensam que estar em um ambiente onde o ar-condicionado está em funcionamento faz mal à saúde, por exemplo. Entretanto, para que isto não aconteça, é necessário:

  • Ajustar a temperatura adequadamente;
  • Direcionar o fluxo de ar para outro local que não seja sobre os ocupantes;
  • O ar do ambiente deve ser renovado em uma taxa adequada;
  • Realizar a limpeza do ar-condicionado com frequência.

Ar-condicionado só é útil no verão

Também é um mito. Os aparelhos com função de ciclo reverso ou “quente/frio” podem ser utilizados também no inverno já que fazem a função de aquecimento do ar. É feito um ajuste na função, pelo próprio controle remoto, e então o aparelho está pronto para trazer o conforto térmico durante o ano todo.

Agora que apresentamos mitos e verdades sobre ar-condicionado, aproveite para conferir dicas práticas para economizar energia sem desligar seu aparelho.