comprar ar-condicionado

O conforto térmico é um dos principais benefícios que motivam as pessoas a comprar um aparelho de ar condicionado.

Só quem já experimentou entrar em casa e ter a sensação de estar entrando em um forno após um dia de sol escaldante ou não conseguir dormir confortavelmente no verão, sabe o quão desejável é ter um ventinho fresco para aliviar esse desconforto.

O que algumas pessoas desconhecem é que, além de refrescar o ambiente, o ar condicionado também pode aquecer, para os períodos mais frios e ajudar a reduzir o excesso de umidade que pode potencializar o aparecimento de mofo, por exemplo.

Entenda, a seguir, qual é a melhor época do ano para comprar ar condicionado e como escolher o modelo ideal para sua residência.

Demanda e procura: porque o inverno é a melhor época?

Chegou o verão e você sai em busca de um aparelho de ar condicionado para sua casa, mesmo estando acostumado ao calor da sua região ou porque a sensação térmica tem ficado mais quente. Agora, pense, você acha que foi o único a ter essa ideia?

É justamente a demanda de mercado que gera uma corrida para encontrar um aparelho disponível nessa época do ano que faz com que ele se esgote das prateleiras, tanto de lojas físicas, quanto virtuais. Isso faz com que o preço fique um pouco mais salgado, inclusive.

Por isso, entre os meses de junho e setembro vale à pena comparar preços de ar condicionado para encontrar o que melhor se adequa às suas necessidades. Outro ponto a favor é a disponibilidade dos profissionais e empresas para instalação dos aparelhos.

Qual modelo de ar condicionado escolher?

Antes mesmo de buscar pelo preço, é preciso saber como escolher o modelo de ar condicionado ideal para sua casa. No mercado, existe uma diversidade de modelos de aparelhos que podem ser portáteis, de janelas e o mais comum, o ar condicionado split.

A popularidade do modelo split se dá graças a sua capacidade de climatização, seja no resfriamento ou aquecimento e economia de energia ( até 70%) com a tecnologia inverter, além de serem mais silenciosos e com fácil instalação das unidades evaporadora (interna) e condensadora (externa).

Outro ponto importante para essa escolha é a potência do aparelho de ar condicionado. Muitas pessoas acreditam que quanto maior o BTU, melhor será a eficiência. Porém, outros fatores como tamanho e localização do ambiente para instalação, quantidade de vãos de ventilação (portas e janelas), circulação de pessoas pelo ambiente dentre outros diversos fatores interferem na eficiência do aparelho.

Para te ajudar nessa tarefa, experimente o Simulador de Capacidade da Daikin e descubra qual modelo e capacidade vão possibilitar o melhor conforto e economia.