Serviço de manutenção de ar condicionado

Se você tem interesse em trabalhar com manutenção de condicionadores de ar, saiba que o mercado é dinâmico e tem muito espaço, para todos os empreendedores independente do porte.

Sabemos que o empreendedor não necessariamente tem de ser dono de empresa. Mesmo como empregado o espírito de empreendedor deve estar presente, é assim que ocorre o crescimento profissional. Aqui vamos imaginar que você vai começar um pequeno negócio próprio, com ou sem um sócio.

Podemos sugerir muitas coisas, muitas dicas, mas as 5 mais importantes são:

Estrutura física e ferramentas

Um pequeno negócio de manutenção não precisa ser grande, isso porque os serviços de manutenção corretiva ou preventiva são realizados no cliente, a sua oficina é um apoio, uma base de operação e que conta, talvez, com ferramentas especiais, não utilizadas no dia a dia dos técnicos.

Seu negócio fica melhor estabelecido se for próximo do centro da cidade, próximo de linhas de trens e metrôs, facilita muito, encurta as distâncias da sua sede até o cliente, além do que fica mais fácil encontrar a sua empresa.

Quanto às ferramentas, procure nos fornecedores ou mesmo na internet as listas prontas de ferramentas de manutenção. Uma mala de ferramentas básica deve conter entre outras coisas:

• Um alicate universal e um de corte;
• Jogo de chaves, fenda, canhão e “L” e Philips;
• Jogo de flangeadores;
• Um alicate amperímetro;
• Cortador de tubos;
• Trena.

Não se esqueça que o técnico deve carregar junto uma bomba de vácuo, de pelo menos 5 cfm. Essa é uma ferramenta um pouco mais cara, mas obrigatória.

Abra uma empresa, com o auxílio de um contador

Antes mesmo de iniciar as atividades, é necessário abrir uma empresa, providenciar uma série de documentos fiscais, alvará de funcionamento, tipo e enquadramento fiscal, etc. Neste caso, contrate um bom profissional de contabilidade.

Economizar aqui é simplesmente diminuir a velocidade brutalmente e é provável que cometa alguns erros que um contador jamais cometeria.

Capacitação técnica e profissional

Contrate pessoal especializado e experiente. Isso faz toda a diferença na qualidade dos serviços que você pretende prestar. Se for preciso faça um teste e peça para ver os certificados dos cursos realizados.

O seu tipo de negócio é especializado, a mão de obra idem.

Não se esqueça de você mesmo estar sempre atualizado, participando de eventos, cursos, palestras, etc.

Faça um bom planejamento

Trata-se de um ponto chave para não ter que repensar o seu negócio em um curto espaço de tempo. Para planejamento fiscal, para pagar menos imposto, mas absolutamente dentro da legalidade, peça ajuda ao contador. Já na abertura da empresa ele vai lhe orientar.

Trace objetivos a curto, médio e longo prazo.

Divulgação

Não existe uma forma melhor de divulgação do que um bom serviço prestado. Acredite esta é a forma mais antiga e também a melhor.

Agora, participar de redes sociais, manter um site ou blog da empresa onde a clientela pode entrar em contato e até mesmo agendar os serviços também ajuda muito.

A divulgação por WhatsApp também é válida, além de ser quase de graça, é muito eficaz e rápida.

Não podemos garantir que seguindo estas dicas sua empresa vai “decolar” logo de início. Mas, uma coisa é certa: A probabilidade de acertar é maior que a de errar.

Até logo mais!