isolar tubulação de líquido e gás

Respondendo diretamente à pergunta, sim, é possível. Agora, devemos fazer isso nas instalações de ar condicionado? Jamais!

A pergunta nos remete a ideia de que estamos falando de um Split ou Multi Split, sim, pois teremos sempre um tubo de cobre que “leva” o fluido refrigerante e outro que “traz” de volta o fluido. Independentemente de onde fica a válvula de expansão, jamais devemos usar o mesmo isolante térmico para ambas as linhas.

Sabemos que os tubos trabalham em pressões diferentes, e, portanto, em temperaturas diferentes.

Não por acaso um tubo é chamado de linha de líquido e o outro de linha de gás, estão em estados físicos diferentes, o ciclo frigorífico assim trabalha. Ora, se isolarmos os 2 tubos no mesmo isolante, a temperatura de um vai influenciar na temperatura do outro, isso é “líquido e certo”!

Mas o que isso significa isso?

Onde deveríamos ter apenas líquido, na saída do condensador, por exemplo, poderemos ter líquido + vapor (resquícios), na entrada do condensador(sucção) deveríamos ter apenas fluido no estado gasoso, no entanto, poderemos ter algum resquício de líquido também. Percebam que isolando ambas as linhas, elas vão trabalhar com intercambiador de calor, “mascarando” o superaquecimento e o subresfriamento, podendo, inclusive, levar a uma pane do compressor.

Teremos queda de rendimento, ou seja, o equipamento não vai proporcionar a capacidade desejada nem no modo resfriamento e nem no modo aquecimento, caso o possua.

Muitos instaladores dizem que os tubos isolados em conjunto ou não, não tem diferença. Isso não é verdade. O que ocorre é que às vezes a instalação é tão pequena, com distância mínima entre condensador e evaporador, que a perda de rendimento é quase imperceptível. Agora imaginem a situação inversa…. com certeza fará muita diferença.

Outro ponto importante sobre isolar ou não os tubos em conjunto é o fato de que usando apenas uma célula de isolamento, cria-se, inevitavelmente, um espaço vazio entre tubos e isolamento, o que vai provocar condensação. E isso causa muitos inconvenientes, além de influenciar mais uma vez no rendimento, podem ocorrer vazamentos e com o passar do tempo, destruir todo o isolamento da instalação.

Se o objetivo é economizar, que não seja no isolamento. Se o objetivo é estético, basta passar uma fita de acabamento apropriada em ambas os tubos isolados, pronto, teremos o acabamento desejado.
Em suma, isolante térmico é um ponto chave, é fundamental para o bom rendimento da sua instalação.

Ainda não está convencido?

Aqui vai um argumento que costuma surtir efeito: Isolar a tubulação frigorífica em conjunto resulta na perda da garantia do produto. Isso mesmo, o fabricante ao descobrir como foi feito o isolamento da tubulação frigorífica pode não dar a garantia de um componente que possa ter sido danificado devido a este fato, é o caso do compressor, a peça mais cara de todas.

Em outra ocasião falaremos do tipo de isolante térmico a ser utilizado, é outro ponto importantíssimo.